Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Radio Universitária
3 festival musica popular

III Festival da Música Popular Brasileira

Entre os carretéis de fitas do acervo de Francisco Paes, encontramos outra preciosidade. Um fragmento de 51 minutos com a transmissão pela Rádio da Universidade Federal de Goiás de uma etapa do III Festival de Música Popular Brasileira. 

 

 

No início da fita uma voz do locutor, ou disk jóquei como eram conhecidos, provavelmente o próprio Francisco Paes, anunciava: “Rádio da Universidade Federal de Goiás, Panamericana e Record de São Paulo e o terceiro Festival de Música Popular Brasileira”
O evento era organizados por Solano Ribeiro e teve quatro edições de 1966 a 1969, e o III FMPB aconteceu em outubro de 1967 no Teatro Paramount, hoje Teatro Renault, em São Paulo e essa edição ficou conhecida como o “Festival da Virada”.

O Brasil vivia sob a ditadura militar, que controlava a vida social brasileira, principalmente na área da cultura (música, teatro, cinema e literatura) que encontraram, apesar da vigilância, repressão e perseguição formas de protestos contra o regime militar.

Na música surgiram canções de cunho social e de protestos, que chegaram a uma expressiva parcela da população devido à participação nos festivais realizados pelas emissoras de televisão que eram transmitidos às várias regiões do Brasil e tendo a Rádio Universitária contribuído com essa tarefa em Goiânia.

O fato marcante do III FMPB foi a intensa vaia que o público presente deu à canção Beto Bom de Bola cantada por Sérgio Ricardo. Sérgio tentou por vários minutos cantar a música apesar das vais e disse ao público que depois daquele festival a música seria conhecida como ”Beto Bom de Vaia”. Como as vaias continuaram, e mais fortes, Sérgio quebrou o violão e o jogou contra a platéia.

III Festival de Música Popular Brasileira: "O festival da virada"

1º Lugar: Ponteio (Edu Lobo e Capinam) – intérpretes: Edu Lobo, Marília Medalha, Momentoquatro e Quarteto Novo

2º Lugar: Domingo no Parque (Gilberto Gil) – intérpretes: Gilberto Gil e Os Mutantes

3º Lugar: Roda Viva (Chico Buarque) – intérpretes: Chico Buarque e MPB-4

4º Lugar: Alegria, Alegria (Caetano Veloso) – intérpretes: Caetano Veloso e Beat Boys

5° Lugar: Maria, Carnaval e Cinzas (Luiz Carlos Paraná) – intérpretes: Roberto Carlos

6° Lugar: Gabriela (Francisco Maranhão) – intérpretes: MPB-4

Melhor Intérprete: Elis Regina – O Cantador (Dori Caymmi e Nelson Motta)

Melhor letra: Sidney Miller ("A estrada e o violeiro")

Melhor arranjo: Rogério Duprat ("Domingo no parque")

 

Fonte : Wilmar Ferraz

Categorias : Especial 50 anos Festival da Música UFG Rádio Universitária

Listar Todas Voltar