pesquisa

COVID-19: Pesquisa investiga tempo de duração de vírus e anticorpos

Estudo integra Programa da CAPES de Combate a Epidemias e avalia a persistência viral 

Qual o período de persistência do vírus da Covid-19 em nosso organismo? E o tempo de permanência dos anticorpos nos humanos após a infecção ou a vacina? A busca por essas respostas atiça cientistas do mundo todo e é investigada também por pesquisadores da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás (UFG), que há mais de um ano acompanham o comportamento do novo coronavírus em profissionais de saúde e da área de segurança que testaram positivo para o SARS COV 2, durante testes realizados pela Tenda da UFG, em 2020.

O Estudo da Faculdade de Enfermagem da UFG integra Programa da CAPES de Combate a Epidemias e avalia a persistência viral e a resposta imunológica ao vírus da Covid-19.

Ao longo de dois anos, tempo de duração da pesquisa, 140 voluntários terão, a cada três meses, o sangue coletado e armazenado em freezers à temperatura de oito graus negativos. O objetivo é monitorar o nível de anticorpos da Covid-19 no organismo, adquirido por meio do contágio ou por meio da vacina. A professora Sheila Araújo Teles, que coordena o projeto, conversou com o jornalista Delfino Neto, para a Rádio Universitária.

Ouça abaixo

Fonte: Rádio Universitária

Categorias: Acontece