Weby shortcut
Radio Universitária
Feed RSS

UFG e Prefeitura de Goiânia lançam ciclovia que ligará câmpus II à Praça Universitária

Estima-se que o trajeto ficará pronto no final de 2012. Percurso tem cerca de 10,5 km de extensão e prevê a instalação de vestiários

Texto: Anamaria Rodrigues

Fotos: Wéber Félix

Na manhã desta terça-feira (03), deu-se o lançamento da construção da ciclovia Câmpus II – Praça Universitária, uma parceira entre a UFG e a Prefeitura de Goiânia. O evento ocorreu no Câmpus Samambaia  e contou com a presença de diversas autoridades. Compareceram também representantes de grupos cicloativistas, professores e servidores da UFG e pessoas da comunidade em geral.

Reitor Edward Madureira Brasil apresenta o projeto

Essa segunda ciclovia terá seu trajeto começando no câmpus II da UFG, passando pelos setores Goiânia II, Crimeia Leste, Vila Nova, e terminando no setor Universitário, onde se juntará à ciclovia inaugurada na semana passada. Segundo o coordenador do projeto e professor da Faculdade de Artes Visuais (FAV/UFG), Camilo Vladimir de Lima Amaral, a ciclovia é resultado de uma oficina realizada no projeto de extensão da UFG denominado “Por um novo paradigma para mobilidade urbana em Goiânia”. Participaram das discussões a Secretaria de Planejamento (SEPLAN), a Agência Municipal de Obras (AMOB), a Agência Municipal de Trânsito (AMT), a Companhia de Urbanização de Goiânia (COMURG), entre outros órgãos.

Coordenador do projeto, Camilo Vladimir de Lima Amaral

Para o desenvolvimento do projeto foram realizadas pesquisas de opinião com estudantes da UFG e moradores do entorno. Como resultado, 70% dos entrevistados responderam que, se houvesse uma infraestrutura adequada na região, eles andariam de bicicleta. Dessa forma, além de garantir a qualidade e a segurança dos deslocamentos por bicicleta, a ciclovia vai aliar “uma prática que melhora a saúde ao deslocamento diário que as pessoas precisam fazer”, como afirma o coordenador do projeto.

Modelo do trajeto lançado hoje

Segundo o reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, o trajeto foi escolhido de forma que tivesse um baixo impacto ambiental, além de uma solução barata e eficiente. Está em andamento um projeto para a criação de vestiários e o aluguel de bicicletas dentro da UFG. Se aprovadas, as estruturas devem ser construídas e começar a funcionar ainda em 2013. Edward também anunciou que a SEPLAN e a Prefeitura de Goiânia estão contratando um grupo de professores e estudantes para definir um plano cicloviário para Goiânia.

Ciclistas já percorrem trajeto da futura ciclovia

Fonte: Ascom / UFG

Categorias: Educação